DOG TRICKS

TORNE-SE 

SÓCIO

De certeza que já viu cães a fazer truques. Seja no jardim, em demonstrações próprias ou mesmo pela internet, não há como não ficar com o olhar colado à situação. Mas… Porquê? Porque é que há cada vez mais gente a fazer? Serão os truques só para pessoas experientes? Será apenas para “exibir” o próprio cão? Ensinar truques ao seu cão trás uma lista enorme de benefícios.

Em primeiro lugar, ensinar qualquer comportamento usando uma abordagem gentil e baseada na motivação é uma excelente maneira de criar uma melhor ligação com o seu cão. Outro benefício é que os cães “aprendem a aprender”. Assim, quantos mais truques ensinar ao seu cão, mais rapidamente ele vai aprender (sejam truques ou outras coisas) pois a sua capacidade de entender o que queremos aumenta.

Um fato importante também é que é acessível a todos os cães, independentemente da idade ou porte, visto que há uma lista infinita de truques - tudo depende da nossa imaginação e não há “regras” específicas. A obediência geral e as boas maneiras dele também poderão melhorar.

O que significa que terá um cão, que geralmente é mais agradável de se estar por perto e também que sabe truques divertidos para mostrar aos amigos e familiares.

 

O treino de truques também poderá resultar numa melhoria de saúde (pois muitos truques ajudam a aumentar a resistência cardíaca ​​e a muscular), aumenta a flexibilidade, o equilíbrio e a concentração, além de aumentar a confiança do seu cão, nele próprio, e em si.

Pode também prevenir lesões quando pratica certos desportos caninos, por causa da melhoria da sua consciência corporal.

Ao mesmo tempo, cada novo comportamento que lhe ensina proporciona mais uma maneira útil de canalizar a energia do seu cão para algo positivo. Por exemplo, se o seu cão estiver a saltar para cima de alguém, pode-lhe pedir um truque que ele saiba para redirecioná-lo para algo apropriado (e mais divertido).

 

Ensinar truques pode trazer muitos benefícios no dia-a-dia. Saber esperar na sua cama enquanto visitas entram em casa, apanhar um objecto caído, subir para cima da mesa do veterinário, entrar dentro da banheira sozinho, dar a pata para ajudar a cortar as unhas, colocar a cabeça em cima da sua mão enquanto são dadas as vacinas anuais, são tudo exemplos de comportamentos naturalmente “chatos” e “difíceis” que podem converter-se numa situação divertida e na qual o cão tem o controlo, o que faz com que para além de estar mais descontraído, colabore de livre vontade.

 

Para começar a ensinar truques ao nosso cão temos de ter em conta a sua idade, o seu porte, a sua condição física e mental e a sua motivação, para podermos ensinar-lhe coisas apropriadas e que façam com que aproveite ao máximo todo o tempo de treino.

Começamos por ensinar um truque num ambiente no qual o cão está completamente confortável, como por exemplo, dentro de casa. Só depois do cão saber o truque a 100% passamos para a rua, e gradualmente adicionamos distrações. À medida que lhe vamos ensinando mais comportamentos a capacidade de generalização do cão vai melhorando, fazendo com que esta transição seja cada vez mais rápida e confortável. No entanto é muito importante que no decorrer dos treinos tenhamos sempre em conta o ritmo de cada cão.

122791586_854323501771795_59103676102290
122816042_983743235435785_39463350623029
122745778_1305506136465877_4183218055912
122913365_820957571778329_41861821341033

Mantenha as sessões de treino curtas e divertidas, com um número de recompensas alto para que o cão se divirta consigo e que para a próxima sessão queira treinar com a mesma (ou mais) intensidade e felicidade!

Bons treinos!

Carolina Marques - Rubixpups Dog Training

*desporto não oficial pelo CPC ou FCI